Cure a dor de estômago com estas simples receitas Caseiras



A dor de estômago é uma experiência que muitos já tivemos, ela pode ocorrer por diferentes razões.

Os fatores que podem influenciar são o estresse, alteração dos estados emocionais, menstruação dolorosa, assim como cálculos renais, apendicite ou uma infecção urinaria.

As causas mais comuns incluem a constipação, intolerância a lactose, a intoxicação alimentar e gases.

Conheça algumas receitas naturais que podem te auxiliar a se livrar deste incomodo:

Erva de Santa Maria

O principal uso da erva está relacionada ao aparelho digestivo.

Esta planta possui um composto na sua composição que se chama ascaridol, substância que contém características analgésicas.

Ela também possui características carminativas e por isso é capaz de expulsar gases do aparelho digestivo.

A planta pode ser consumida em forma de chá ou agregada em saladas e pratos que contenham alimentos que provocam gases.

Como preparar:

Utilize 8 folhas frescas para 1 xícara de água.

Pique as folhas e coloque a água para ferver, coloque em infusão com o recipiente tapado e deixe em repouso por alguns minutos.

Beba após as refeições, até 3 xícaras ao dia, durante uma semana.

Babosa em infusão

Se você não teve evacuação intestinal recentemente, a dor de estomago pode ser um sinal do corpo.

Além de ingerir muita água e fazer massagens na região intestinal, uma grande aliada da constipação é a babosa.

A babosa além de laxativa contém quase todas as vitaminas e os sais minerais que uma boa nutrição necessita.

Ela umidifica o intestino e as fezes.

Como preparar:

Corte um talo de babosa, coloque um pouco de água para ferver.

Espere esfriar e coloque em um frasco de vidro com tampa com os pedaços de babosa e feche.

Coloque na geladeira. Você pode consumir duas vezes na semana antes de deitar ou ao despertar.

Se encontrar muito amarga, dissolva uma colherada de mel, que também é um suave laxante.

Combatendo gases

O orégano é estimulante digestivo, age como sedativo e ainda é diurético.

Já a camomila é um calmante auxiliando no sistema nervoso que nos impede de relaxar, é carminativa, eliminando gases do estômago e intestino e é desinfetante, ajudando na digestão de gorduras, que são vilãs na alimentação de pessoas que sofrem dessa mal.


O dente-de-leão tem propriedades laxativas, carminativas e desobstruente intestinal.

Como preparar:

1 colher de orégano seco, 1 colher de folhas de camomila e 1 colher de folhas secas de dente de leão para 1 litro de água.

Ferva a água e deixe as plantas em infusão durante 10 minutos com o recipiente tapado.

Beba sempre quente, de 3 a 4 xícaras ao dia, uma hora antes das refeições.

Gengibre

O gengibre é considera remédio natural para as dores no estômago.

Ele é um estimulante digestivo, pois ajuda a ativar o metabolismo e queimar a gordura mais facilmente.

Ele também combate a úlcera gastrointestinal, impede fermentação, a formação de gases e a acidez estomacal.

Ainda age baixando o colesterol ruim, como analgésico e contra dores nas articulações e reumatismos.

Como preparar:

Utilize pedaços de gengibre grandes para 1 litro de água.

A noite coloque em uma jarra e esmague o gengibre com um pilão, coloque a água fervida ou destilada e deixe macerar por 8 horas na geladeira.

Beba essa água ao longo do dia, preferencialmente meia hora antes de cada refeição.

Você também pode fazer chá por decocção de 30 minutos.

Hortelã e vinagre de maçã

Algumas dores de estômagos podem ser acompanhadas de diarreia, essa normalmente ocorre através de infecção por vírus, bactérias ou outros parasitas que entram no organismo.

A hortelã é bastante utilizada, pois pode ajudar com a síndrome do intestino irritável, náuseas, dores de estômago, diarreia ou constipação.

Ela também ajuda na digestão por ter propriedades carminativas e refrescante, que ajuda a aliviar a dor digestiva, elimina os gases e promove o fluxo da bile para ajuda o corpo a digerir os alimentos mais facilmente.

Outra opção muito eficaz para a diarreia é o vinagre de maçã.

Não é muito apetitoso, mas ele atua no combate as bactérias que causam diarreia, por ser antibacteriano e antiviral.

Também é rico em pectina auxiliando a diminuir a irritação do estomago.

Como preparar:

Utilize 1 colher de sopa de vinagre de maçã para 1 xícara de água quente.

Acrescente hortelã e deixe em infusão, durante 10 minutos.

Filtre e beba lentamente a cada 30 minutos, até os sintomas diminuírem.

Caso seu paladar recuse este chá pode utilizar a hortelã e o vinagre de maçã em chás separados.



Comentar

7 + cinco =